domingo, outubro 2, 2022

Ataque com explosivos mata oito policiais na Colômbia

Um ataque com explosivos no sudoeste da Colômbia matou oito policiais nesta sexta-feira, 2, informou o presidente Gustavo Petro.
“Repudio de forma contundente o ataque com explosivos em que morreram oito policiais em San Luis, Huila. Solidariedade com suas famílias”, escreveu o presidente em sua conta no Twitter.
O ataque aconteceu em uma área rural situada a mais de duas horas de carro de Neiva, a maior cidade do departamento de Huila.
“Foi um atentado contra uma patrulha policial (…) Aparentemente, foi com explosivos e os executaram com disparos de arma de fogo”, disse à AFP uma porta-voz da polícia dessa região.
As autoridades não deram informações sobre os responsáveis pelo ataque.
Trata-se da agressão mais grave contra a força pública desde que Petro – o primeiro presidente de esquerda da história da Colômbia – assumiu o cargo no começo de agosto.
O presidente avança na reativação dos diálogos de paz com a guerrilha do ELN, interrompidos em 2019 após um ataque contra uma academia de polícia, que deixou 22 mortos, além do agressor.
Também propôs um cessar-fogo “multilateral” com os dissidentes do pacto de paz que desarmou as Farc e os grupos armados do narcotráfico, como parte de uma política de “paz total” para desativar o conflito armado de quase seis décadas.
Algumas facções das dissidências e quadrilhas de narcotraficantes reunidas em torno do poderoso Clã do Golfo se mostraram abertas a participar do cessar-fogo, sem se chegar a um acordo com o governo.
“Estes fatos expressam uma clara sabotagem à paz total. Pedi às autoridades que se desloquem para o território para assumir a investigação”, enfatizou o presidente no Twitter.
Fonte: A Tarde
ULTIMAS NOTÍCIAS
- Anúncio -
- Anúncio -spot_img
- Anúncio -spot_img
- Anúncio -spot_img

veja também