29 fev 2024

Enfermeira fura bloqueio em rodovia e é assassinada pela PM

Uma enfermeira de 32 anos foi morta a tiros por uma equipe da Polícia Militar do Acre na manhã do último sábado (2). O caso ocorreu na rodovia BR-317 em Senador Guiomard.
Géssica Melo de Oliveira foi perseguida por uma equipe de três PMs depois que furou um bloqueio policial. Ela morava na capital Rio Branco e, de acordo com a família, teria tido um surto e saiu dirigindo na direção de cidades do interior. A enfermeira deixa três filhos.
Os policiais alegam que Géssica estaria armada e teria feito manobras perigosas. A família, contudo, nega que ela tivesse qualquer tipo de armamento. Os militares apresentaram uma pistola 9 mm como sendo da jovem e parentes da vítima dizem que a arma foi “plantada”.
Um familiar de Géssica relatou para o G1 que os policiais deixaram a enfermeira no hospital como se fosse um acidente de trânsito, mas a equipe de saúde percebeu que ela estava baleada. Pelo menos dois PMs envolvidos na ação foram presos em flagrante e a audiência de custódia deles está prevista para esta segunda-feira (4).
Fonte: Bahia Notícias
DESTAQUE
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img