sexta-feira, agosto 12, 2022

Guilherme de Pádua assediava Maurício Mattar nos bastidores: ‘Pedia para mostrar o pên*

Maurício Mattar revelou durante depoimento na série documental Pacto Brutal na HBO Max que Guilherme de Pádua assediava homens nos bastidores de peças de teatro.

Segundo o ator, o assassino confesso da filha de Glória Perez tinha um comportamento estranho. “Sempre que eu ia trocar de roupa, o Guilherme colava em mim, ficava olhando de banda e até mesmo pedia para eu mostrar meu pênis”, falou Mattar em uma entrevista à revista Istoé ao comentar os bastidores do espetáculo Blue Jeans, em 1991.

“Ele contou que transava com homens desde que chegou ao Rio de Janeiro, onde acontecia a apresentação da peça. Pelo visto era bi. Ele dizia que para subir na vida transaria com quem fosse preciso”, contou Mattar.

Além disso, de acordo com José Muiños Piñeiro Filho, promotor do caso, disse que em dezembro de 1992, ao prestar depoimento no dia seguinte à morte de Daniella Perez, Guilherme se ofereceu para mostrar o próprio pênis para provar que não tinha cometido algum tipo de crime.

Em 28 de dezembro de 1992, Daniella foi assassinada por Guilherme e sua então mulher à época, Paula Thomaz.

ULTIMAS NOTÍCIAS
- Anúncio -spot_img
- Anúncio -spot_img
- Anúncio -spot_img

veja também