01 mar 2024

Hangar em Valente: Thiago Miranda confirma que 2023 ficará marcado como a última festa

O Hangar em Valente, assim como muitas festas tradicionais da Bahia que deixaram de ser realizadas, também está chegando ao fim. O ano de 2023 ficará marcado como o último. A festa que desde 2009, exceto os anos 2020 e 2021 não realizada por conta da Pandemia do novo Coronavírus, vinha sendo a mais tradicional do periodo natalino em todo estado da Bahia.

Haviam muitos comentários em redes sociais de pessoas dizendo que seria ‘jogada de marketing” para atrair maior público e a reportagem do Calila Notícias foi em busca dessa informação através do coordenador geral da festa Thiago Miranda e ele garantiu que não realizará mais a festa e que esta do próximo dia 23 será a última e que seguirá com o projeto Hangar Produções, ou seja, sua empresa será mantida e pode promover shows esporadicamente em Valente ou qualquer cidade da região.

Gusttavo Lima um dos grandes nomes da música nacional deixou sua marca no Hangar | Foto: Raimundo Mascarenhas

Segundo ele, encerra as atividades no auge e comparou um jogador de futebol que vivendo uma boa fase, conquista um titulo importante e resolve parar. O Hangar foi sucesso em todas edições, mas segundo ele é muito trabalhoso, pela sua grandeza, ao terminar uma festa não tem descanso e já começa planejar a próxima e por essa e outras razões optou pelo encerramento. Veja a entrevista que ele concedeu ao CN na tarde desta quinta-feira, 14, enquanto acompanhava a montagem da festa no Estádio Evandro Mota.

Thiago Miranda e a relação com eventos  

Segundo ele começou no ano 2002 quando estudava em Salvador e realizava pequenos eventos, em Valente promoveu a festa “Gatos.com”  e sonhava realizar outros de maior porte até que em 2009 ele, seu irmão Tássio e outros dois amigos resolveram promover o primeiro Hangar no Clube Umburanas, na ocasião festa de camisa e teve como atração principal Guig Ghuetto.

As Coleguinhas – Simome e Simaria teve o maior público de todas as edições do Hangar

No segundo ano teve Harmonia do Samba, no terceiro Parangolé com Leo Santana no auge com a música Rebolation, depois trouxe Wesley Safadão que tinha vindo pouco a Bahia, Aviões no auge da carreira, Marília Mendonça, Gusttavo Lima, Mari Fernandez, Tarcísio do Acordeon, João Gomes que praticamente não tinha vindo a Bahia, mas já estava estourado e veio para o Hangar, enfim, o Hangar cresceu a tal ponto que o artista que despontava no cenário nacional vinha se apresentar em Valente, como foi o caso de Simone e Simaria quando a dupla estourou com ‘As Coleguinhas’, na ocasião Hangar recebeu o maior público de todas as edições. Esta grade que foi montada, entre os destaques da atualidade tem Matheus e Cauã, Felipe Amorim entre outros.

Fonte: Calila Notícias

DESTAQUE
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img