segunda-feira, setembro 26, 2022

Incêndio em igreja no Egito deixa ao menos 41 mortos; 18 são crianças

Ao menos 41 pessoas morreram e 45 ficaram feridas em um incêndio dentro de uma igreja na cidade de Gizé, no Egito, neste domingo (14). Segundo informou a agência de notícias Reuters na tarde deste domingo, 18 das vítimas eram crianças.
O fogo, que teria sido causado por uma pane elétrica, começou quando cerca de 5 mil fiéis se reuniram para a missa na igreja Abu Sifin, segundo pessoas da área de segurança ouvidas pela agência Reuters.
Conforme informações da revista egípcia “Egypt Today”, dezenas de pessoas foram transferidas para hospitais.
“As pessoas estavam se reunindo no terceiro e quarto andar, e vimos fumaça saindo do segundo andar. As pessoas correram para descer as escadas e começaram a cair umas em cima das outras”, disse uma testemunha à Reuters.
Ainda de acordo com a revista, pelo menos quatro caminhões do corpo de bombeiros foram direcionados ao local para conter as chamas e garantir que o fogo não começaria novamente, considerando a alta temperatura e a grande quantidade de madeira dentro da igreja.
Em um comunicado, o Ministério do Interior do Egito informou que uma análise forense no local revelou que o fogo começou no ar condicionado do segundo andar do prédio, após uma pane elétrica.
Em uma postagem em uma rede social, o presidente egípcio Abdel Fattah al-Sisi prestou condolências às famílias das vítimas e anunciou que direcionou “todas as agências estatais e instituições relevantes a tomar todas as medidas necessárias para lidar com esse incidente e seus efeitos”.
Por g1
ULTIMAS NOTÍCIAS
- Anúncio -
- Anúncio -spot_img
- Anúncio -spot_img
- Anúncio -spot_img

veja também