18 maio 2024

Moradores do Ramal de Quixabeira denunciam mortes de cadelas com suspeita de estupros

Moradores da localidade conhecida como Ramal de Quixabeira, a 9 KM da sede do município denunciam a mortes de várias cadelas com sinais estupros e maus tratos, além de envenenamento a outros animais e pede mais segurança.

Segundo uma moradora a população está indignidade com a crueldade que os animais vêm sofrendo, nesta última quarta-feira, 25 uma cadela sangrando por suas partes intimas e não resistiu a tamanha perda de sangue, sendo já a terceira a morrer com os mesmos sintomas.

Caso seja confirmado que algum individuo esteja praticando ato sexual com os animais a Lei prevê: Pena por praticar ato libidinoso ou ter relação sexual com animal de qualquer espécie não humana será de reclusão de 2 a 6 anos, multa e proibição da guarda. A pena é aumentada até o dobro se ocorrer a morte do animal.

 

Os moradores pedem que algo seja feito pelas autoridades principalmente pela gestão da Prefeitura de Quixabeira, que poderia colocar uma guarda no povoado para inibir as ações do suposto ou supostos criminosos.

Segundo a moradora que não quis se idêntica, as calçadas de várias casas ficaram cobertas de sangue do animal que morreu na manhã desta quinta-feira, 25, após sangrar a noite toda, mesmo moradores tentando dar remédios e alimenta-la não possível salvar a cadela.

É imprescindível que haja uma política pública de controle da natalidade e proteção aos animais por parte das autoridades públicas, além disso é preciso que a população colabore com cuidados e controle de seus animais, mas também denunciando maus tratos ligando para a polícia nesses casos.

Fonte: FR Notícias

DESTAQUE
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img