quarta-feira, setembro 28, 2022

Perita criminal forjou ataque contra si mesma, afirma polícia

A Polícia Civil de Goiás anunciou neste sábado (12/3) que o atentado contra a coordenadora da Polícia Técnico-Científica de Goiás em Caldas Novas, Káthia Mendes Magalhães, foi uma farsa.
A perita criminal Káthia Mendes Magalhães, de 40 anos, teria forjado o ataque contra si mesma pedindo para que um ex-colega de trabalho atirasse nela.
Ao ser confrontada com as provas coletadas pela Polícia Civil, Kátia confessou ter planejado o ataque a si mesma e deu mais detalhes da simulação aos investigadores.
Testemunhas relataram aos policiais que foram procuradas pela perita há um mês com a proposta de forjar um atentado contra ela para facilitar sua mudança de cidade. Essas testemunhas não aceitaram cumprir o plano.
Kátia pediu então para que um ex-servidor, que trabalhou com ela durante um tempo, simulasse o atentado e atirasse nela. O ex-servidor confessou ter feito o disparo com um revólver calibre .32 que a perita entregou para ele no dia que a farsa foi colocada em prática.
Fonte: Metrópoles
ULTIMAS NOTÍCIAS

LEAVE A REPLY

Please enter your comment!
Please enter your name here

- Anúncio -
- Anúncio -spot_img
- Anúncio -spot_img
- Anúncio -spot_img

veja também