domingo, outubro 2, 2022

Prefeito de Capela do Alto Alegre revela drama pessoal por não ver o filho há mais de 4 meses

O caso está na justiça e o gestor luta pelos direitos de Pai

Na semana do Dia dos Pais, o prefeito de Capela do Alto Alegre, conhecido por Drº Nei, revelou nas redes sociais que vem sofrendo um drama pessoal há cinco anos por não conseguir exercer o direito de pai, após a separação com a ex-esposa.

Em contato com a nossa redação, o gestor afirmou que não consegue ter contato com o filho há quatro meses e meio. “Eu estou separado há 5 anos, e durante todo esse período que eu venho lutando pela regularidade do meu direito de pai. Há mais de quatro meses que não tenho contato telefônico, não tenho contato na escola, não pego o menino para almoçar, não passo férias, nada. Tem uma decisão judicial que seria para eu pegar o garoto a cada 15 dias, mas nada disso está sendo cumprido pela mãe”, revelou Nei.

De acordo com Nei, já houve diversas audiências e decisões jurídicas, porém, a ex-esposa nunca cumpre. “Um juiz de Jacobina concedeu uma liminar, para que ela me entregasse o menino em 24 horas, porém ele abalado psicologicamente disse que não iria”, completou.

Na foto Ney ao lado dos Advogados

O prefeito pede na justiça, que o garoto não participe das negociações para evitar danos psicológicos ainda maiores. “Ele só tem 11 anos, não pode ficar envolvido em uma briga que é de adultos, então eu peço que a justiça seja feita e que eu possa exercer meu direito de pai, e que ele não sofra tanto os danos”, ressalta.

No texto publicado nas redes sociais, Nei diz que o ‘Dia dos Pais’ se aproxima e que não sabe se vai conseguir contato com o filho. “Dia dos pais se aproxima e eu na instabilidade, sem saber se poderei estar com ele ou não. Que a justiça seja feita. E mais ainda, que os ditames da justiça sejam cumpridos! Vou pra luta..”, escreveu na publicação.

Os advogados Matheus Guimarães e Marcos Carvalho acompanham o caso em defesa do pai. Segundo Nei, evitou o máximo que esse drama fosse a público, mas que agora decidiu recorrer a todas as vias possíveis para que a justiça seja feita.

Redação Jacuípe News

ULTIMAS NOTÍCIAS
- Anúncio -
- Anúncio -spot_img
- Anúncio -spot_img
- Anúncio -spot_img

veja também