quarta-feira, dezembro 7, 2022

Seis governadores renunciam para a disputa das eleições

seis governadores renunciaram seus mandatos já de olho nas eleições gerais de outubro, seguindo o prazo de descompatibilização, que se encerrou no último sábado (2). Destes, dois vão disputar a presidência da República.
Os governadores de São Paulo, João Dória, e do Rio Grande do Sul, Eduardo Leite, ambos do PSDB, deixaram o cargo, criando um impasse interno na sigla. Apesar de ter vencido as prévias realizadas pelo partido, Dória vem enfrentando a resistência de Leite, que tem tocado a pré-campanha ao Planalto. Na última semana, o tucano que governava São Paulo chegou a cogitar desistir da disputa presidencial, recuando em seguida.
Os quatro demais governadores são do Nordeste e devem tentar o Senado. São eles: Flávio Dino (PSB), do Maranhão; Renan Filho (MDB), de Alagoas; Camilo Santana (PT), do Ceará, e Wellington Dias (PT), do Piauí. Com a renúncia, os vices se tornam oficialmente governadores até o final do mandato.
Fonte: Varela Net
ULTIMAS NOTÍCIAS
- Anúncio -spot_img
- Anúncio -spot_img
- Anúncio -spot_img
- Anúncio -spot_img

veja também