18 abr 2024

Flamengo é condenado a indenizar família de vítima do incêndio no Ninho

A Justiça do Rio de Janeiro condenou o Flamengo a pagar uma indenização à família do goleiro Christian Esmério Cândido, morto aos 15 anos, após incêndio no alojamento da categoria de base no Ninho do Urubu, em Vargem Grande, zona oeste do Rio.
A decisão do Juiz André Aiex Baptista Martins, decidiu que o Flamengo tem que pagar R$ 1 milhão e 412 mil ao pai, Cristiano Esmério de Oliveira, e o mesmo valor à mãe Andréia Pinto Cândido de Oliveira, além de uma pensão de R$ 7 mil por mês.
O juiz André Aiex definiu que a pensão paga ao pai e a mãe de Christian deverá ser paga até o ano em que o atleta completaria 45 anos ou até a data de morte dos pais.
“Considerando as especificidades da carreira de jogador de futebol, notadamente a de goleiro, o pagamento acima fixado deve ser efetuado pelo réu até a data em que a vítima fatal completaria 45 anos de idade, ou até a data do óbito dos seus genitores, o que ocorrer primeiro”, decidiu o magistrado.
Fonte: Varela Net
DESTAQUE
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img