29 fev 2024

Preso em Jacobina, acusado de feminicídio admite crime em Taboão da Serra e corpo é encontrado enterrado na casa da vítima

A Polícia Civil de Jacobina, Bahia, prendeu um homem acusado de feminicídio em Cotia, São Paulo. O acusado foi transferido para a Delegacia Seccional de Polícia de Taboão da Serra, onde confessou sua autoria no crime.

O trágico evento teria ocorrido em 6 de outubro na cidade de Cotia (SP). Durante as investigações, os policiais descobriram que a vítima mantinha um relacionamento amoroso com o agressor. No dia do desaparecimento da vítima, ambos estiveram juntos, mas ela não foi mais vista posteriormente.

Após cometer o crime, o agressor fugiu para Jacobina, no estado da Bahia. No entanto, após a Polícia Civil esclarecer a autoria do assassinato, uma medida de prisão temporária foi decretada contra o indivíduo. A prisão foi efetuada em 11 de novembro por policiais da 16ª COORPIN.

Sob a coordenação do Delegado Eduardo Brito e do Delegado Titular Leonardo Virgílio, os policiais conduziram diligências investigativas para localizar o fugitivo. Observações estratégicas em pontos-chave da cidade, como agências bancárias, lotéricas, restaurantes, postos de gasolina e postos de saúde, foram realizadas. Após alguns dias de diligências contínuas, informações indicaram que o suspeito estava nas proximidades da rua Arthur Diniz Veloso. Os policiais se deslocaram rapidamente ao local, identificaram o indivíduo e efetuaram a prisão.

No depoimento prestado, o homem admitiu ter enterrado o corpo de sua companheira no quintal de sua casa, em Cotia. Ele enfrentará acusações de feminicídio e ocultação de cadáver.

As autoridades não revelaram a identidade da vítima nem do acusado.

Por Jacobina 24h

DESTAQUE
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img