18 maio 2024

Vereador é assassinado a tiros de fuzil na calçada de casa no interior do Ceará

Um vereador foi assassinado com tiros de fuzil na calçada de casa no interior do Ceará. Dois homens foram vistos em uma picape branca efetuando os tiros, afirmam testemunhas. Até o momento, ninguém foi preso.
O ex-policial e vereador em exercício Erasmos Morais (Pros) foi assassinado na manhã desta terça-feira no Crato, interior do Ceará. Segundo a Polícia Militar, o crime ocorreu no bairro Mirandão, próximo à residência de Erasmo. “Ele ia buscar o filho autista na escola e foi morto quando saía de casa”, contou uma moradora ao G1.
Erasmo era pré-candidato a vereador nas eleições deste ano, mas já estava exercendo o cargo na condição de suplente. Equipes da PM fazem buscas na região com o objetivo de prender os suspeitos.
Em novembro do ano passado, Erasmo (Pros), se envolveu em uma confusão com a vereadora Mariângela Bandeira (PMN), na Câmara de Vereadores do Crato. O tumulto começou por conta de uma discussão acerca do retorno da vaquejada municipal.
No debate, uma ativista da causa animal foi contra o retorno da vaquejada. Os parlamentares pediram que ela explicasse o seu ponto de vista apenas na semana seguinte, e uma confusão se iniciou. Na época, Erasmo afirmou ter recebido ofensas da ativista após contestar o seu ponto de vista, que recebeu apoio da vereadora. O relato da vereadora era de que o vereador adotou força física e apertou o braço dela.
Fonte: Bahia Notícias
DESTAQUE
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img