24 abr 2024

Quatro jogadores de grande clube argentino são presos acusados de abuso sexual

Quatro jogadores do Vélez Sarsfield, da Argentina, acusados de abuso sexual por uma jornalista esportiva de 24 anos, foram presos nesta segunda-feira. São eles: o uruguaio Sebastían Sosa, o paraguaio José Florentín, e os argentinos Braian Cufré e Abiel Osorio. Depois da denúncia, que foi realizada em Tucumán, os atletas começaram a treinar separadamente a pedido do clube.
A Vara Penal de Tucumán recebeu o quarteto acompanhado de advogados e alguns familiares durante a manhã. Eles ouviram o depoimento da vítima e logo depois foram detidos a pedido da promotora Eugenia María Posse.
Os jogadores, que já estavam afastados dos trabalhos do Veléz e impedidos de sair da Argentina durante 90 dias, aguardam a decisão do juiz Lucas Alfredo Taboada para saber se seguem detidos ou se aguardam o processo em liberdade. O desfecho do caso deve ocorrer até dia 20, quarta-feira.
O Vélez divulgou em um comunicado nas redes sociais que suspendeu o contrato de trabalho com o quarteto. Em nota, o clube reiterou profunda preocupação pelos fatos denunciados e afirmou que estão à disposição da justiça para apurar os fatos.
O crime ocorreu na madrugada de 3 de março, em um quarto de hotel em Tucumán, na Argentina, de acordo com a denunciante. A jornalista afirma que o abuso ocorreu horas depois do Veléz enfrentar o Tucumán pela Copa da Liga Argentina.
A jovem recebeu um convite de Sosa, no Instagram, para ir ao hotel em que ele estava hospedado. Lá, conheceu os outros três jogadores. Após beber alguns drinks, ela se sentiu mal, teve tontura e deitou. Foi então que abusaram sexualmente dela.
Fonte: Varela Net
DESTAQUE
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img