29 fev 2024

Mulher é assassinada a facadas na frente do filho pelo marido na véspera do aniversário

A dona de casa Antônia Maria da Silva, de 39 anos, é a terceira vítima de feminicídio no Distrito Federal em 2024. Em uma semana, três mulheres foram brutalmente mortas pelos respectivos companheiros. Antônia foi assassinada a facadas, desferidas pelo próprio companheiro, identificado como Francisco Faria da Silva, na noite desta quarta-feira (17/1) no Recanto das Emas.
O crime ocorreu na frente do filho do casal, de 3 anos. Assustado, o menino se escondeu no guarda-roupas enquanto o pai matava a mãe. Descrita como quieta e tranquila pelos vizinhos, Antônia nasceu na cidade de Batalha, no Piauí, e se mudou para Brasília havia sete meses. Ela vivia na quitinete onde foi brutalmente morta, com o marido e o filho, na Quadra 604 da região administrativa.
Material cedido ao Metrópoles
Antônia recebeu ao menos duas facadas: uma no pescoço e outra no peito. Francisco tentou tirar a própria vida após cometer o crime, também com uma facada no peito, mas foi socorrido pelo Corpo de Bombeiros do Distrito Federal (CBMDF) e levado, em estado grave, para o Hospital de Base do Distrito Federal (HBDF).
O autor do crime cumpria regime domiciliar e tinha diversas passagens na polícia, incluindo tentativa de homicídio e violência doméstica, contra outra mulher.
De acordo com o delegado da 27ª Delegacia de Polícia (Recanto das Emas), Fernando Fernandes, o homem tem uma longa ficha criminal. Em 2005, o primeiro crime, uma tentativa de homicídio. Em 2012, foi fichado por crime relacionado à Lei Maria da Penha, contra outra mulher com quem se relacionou.
Francisco também responde por lesão corporal, porte ilegal de arma de fogo, vias de fato e lesão corporal. Em 2019 teve mandado de prisão expedido e cumpria em regime domiciliar.
Fonte: Metrópoles
DESTAQUE
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img
spot_img